Companheiro

Aonde vai, companheiro?
Aqui é o seu lugar.
Não ande ligeiro,
Precisa descansar.
Lá fora, o mundo
De você judiou.
Depois do sono profundo
Jesus o levantou.
Os bosques floridos,
Os rios, os mares,
O nosso Querido
Nos livra dos males.
Venha cá, companheiro,
O trabalho nos espera.
Em cada mensageiro,
O despertar de uma era.
De mãos dadas e serenos,
Caminhamos devagar.
Ao lado do Nazareno
Jamais voltaremos a penar.

Luiz Sérgio