Oração das mãos do Cristo

Nós rezamos, e vemos muitas pessoas
rezarem o Pai Nosso de mãos dadas.
Gostaríamos que refletissem sobre o profundo
mistério que envolvem essas mãos que se unem:

A mão jovem se une à mão velha e,
entre elas, se cruza a mão eterna do Cristo.

A mão débil se une à mão robusta e,
entre elas, se cruza a mão firme do Cristo.

A mão branca se une a mão negra e,
entre elas, se cruza a mão santa do Cristo.

A mão trêmula se une à mão segura e,
entre elas, se cruza a mão sustentáculo do Cristo.

A mão calejada se une a mão sedosa e,
entre elas, se cruza a mão cravejada do Cristo.

A mão do médico se une à mão do doente e,
entre elas, se cruza a mão ensangüentada do Cristo.

A mão do empregado se une à mão do patrão e,
entre elas, se cruza a mão de mestre do Cristo.

A mão da ignorância se une à mão da sabedoria e,
entre elas, se cruza a mão onisciente do Cristo.

A mão pecadora se une à mão da graça e,
entre elas, se cruza a mão do perdão do Cristo.

A mão da vida se une à mão da morte e,
entre elas, se cruza a mão redentora do Cristo.

Lamentavelmente, somente mãos fechadas
não se unem à outras mãos fechadas.
Mas, mesmo assim, entre elas se põe,
e entre elas se cruza a mão aberta de Cristo!