Oração do abortado

Senhor das alturas,
Nós, os abortados, em amarguras,
Lhe pedimos para nos amparar.
Pois vivemos ao relento,
Em terrível sofrimento,
Abrigue-nos em Teu lar.
Muitos de nós perturbados,
Por termos sidos abortados,
Vem nos balsamizar.
Vê, estamos entregues à orfandade,
Faça-nos a caridade,
De que alguém possa nos aceitar.
E quanto aos pequeninos que sentirem a dor,
cujo aborto, ocasionar-lhes o temor,
Sê para eles a esperança.
Sofrendo a expulsão nos lares de pobreza,
Ou nas suntuosas mansões de riqueza,
Ampara-os com segurança.
Aguardamos assim, Senhor da Vida,
Todos os abortados, almas sofridas,
Pelo processo da expulsão.
Mostra ao homem da Terra a Verdade,
Para que assim possa ele nos dar a liberdade,
Da bendita reencarnação!

Um abortado