Amar

Quero fazer do dia de hoje o dia das minhas declarações de amor.
Vou esquecer, definitivamente, todas as minhas dúvidas e todos
os meus conflitos, para poder fazer de hoje, o dia do amor.
Quero olhar para quem amo e dizer com palavras, com os olhos
e com o coração: "Eu te amo".
Quero dizer isso a todos os que aprendi a amar.
Sem distinção alguma de sexo, parentesco, amizade, coleguismo, vizinhança; enfim, sem nenhuma limitação ou condição;
apenas com a sinceridade do meu sentimento.
Quero dizer a todos eles: "Eu te amo".


Eduardo Botelho
in: Minutos de Felicidade