A descoberta do amor

Há tempos não encontro olhar tão belo,
Há tempos não ouço palavras tão lindas,
Há tempos minha voz não se cala
Diante de alguém.
Porém diante de ti, perco o fôlego,
Meu peito parece sufocar,
Minhas mãos estão trêmulas,
Já não consigo raciocinar.
Seria isto o amor?
Amor, sentimento bom
Que acalenta minh 'alma.
Mas longe de ti sinto-me perdida.
Preciso de tua presença,
Do teu olhar, do teu sorriso
Da tua voz...
Preciso de ti junto a mim,
Pois, sinto-me fraca, consumida
Por tão forte sentimento.
Não me deixe assim tão só,
O causador desta emoção não pode
Fazer-se de desentendido.
Venha, acabe com minha angústia,
Dê-me a felicidade de contemplar,
De perto, a beleza estonteante
Do teu sorriso,
Dê-me a felicidade de estar ao teu lado,
De caminhar contigo, de sentir o teu calor,
Venha...Vamos viver este amor.

- Ana Mendonça -