A escolha

A qualquer momento tenho a oportunidade
de escolher o amor ou o medo.
Em momentos de medo, lembro-me do sol.
Ele está sempre brilhando, embora as nuvens possam
obscurecê-lo por algum tempo.
Como o sol, o Infinito Poder está eternamente emitindo sua luz
sobre mim, mesmo que as nuvens dos pensamentos negativos
possam obscurecê-la temporariamente.
Escolho lembrar-me da Luz.
Sinto-me segura na Luz.
E quando os medos vierem, escolho vê-los como nuvens
passageiras no céu e os deixo continuar seu caminho.
Não sou meus temores.
É seguro para mim viver sem
me proteger e defender o tempo todo.
Quando sinto medo, abro o coração
e deixo o amor dissolvê-lo.


_Louise L. Hay_