A hora H está chegando
 
Parece que a hora H está chegando
e, sem querer, venho me preparando.
Como tem sido difícil aceitar
que alguém que se ama vai nos deixar.
Os dias têm sido turvos,
as noites muito embaçadas.
Eu tenho sido avisada
pelo céu e pelo mar
que isso já tem hora pra acabar.
Como agir nessa situação?
Como fingir que existe solução?
Os pensamentos não cessam seu movimento.
Os minutos escorrem pelos dedos.
Tenho medo!
Tenho pavor do depois,
porque, no antes, existe nós dois.
Mas e o depois?
Estarei sozinha para enfrentá-lo
com lembranças que virão recordá-lo.
Fica um pouco mais.
Dá a volta por cima que eu sigo atrás.
Não aceito a liberdade forçada,
assim como você não pode aceitar
que sua vida seja arrancada.
Parece mesmo que a hora H está chegando,
vamos fingir que não estamos notando.
Eu não quero mais pensar como vai ser
esse dia tão anunciado.
Eu quero esquecer que ele tem nos rondado,
e viver cada dia, cada minuto,
cada milésimo de segundo
como um bônus que nos é dado!

Silvana Duboc