A lenda do Hiyoku

Esta lenda é muito antiga.
Sua idade perdeu-se no tempo, mas ela nos traz conhecimento
de grande valia e imensa beleza.
Hiyoku é um pássaro imaginário.
Nasceu na mente daqueles que possuem o amor
como bem maior do Universo.
Ele tem somente um olho e apenas uma asa.
É um pássaro triste e solitário, incapaz de viver só, mas quando um Hiyoku encontra uma companheira e por ela se apaixona, então os seus corpos se unem como feixes de trigo, formando um único ser, um único pássaro, belo e forte.
Capaz de voar liberto, de ver e de viver.
Capaz de encontrar a brancura da paz e da felicidade.
Por esta lenda, o Hiyoku se tornou o símbolo dos amantes que não são conhecedores da alegria, a menos que seus espíritos e pensamentos estejam unidos, pelo amor sagrado, num único ser.
Nesta velha história do Japão, o que existe de mais fantástico é a importância do amor, para que as pessoas pensem em amar mais.
Para que elas compreendam que somente assim poderão rir todos os seus risos e chorar carinhosamente todas as suas lágrimas.
Esta lenda mostra que um ser é apenas a metade
de outro ser e somente sendo amante de outra pessoa,
é que se pode ser completo.