A prece que Deus atende

Na história da humanidade o homem sempre procura, através de rituais
e de tantas outras formas, conversar com Deus.
No entanto, a maioria destas formas é, no mínimo, equivocada, pois para estar
com Deus, este homem não precisa estar em meio à multidão para
que assistam sua conversa com o Pai.
Não precisa ser esclarecido, nem tão pouco, socialmente ou religiosamente,
estar enquadrado numa determinada posição.
A prece que Deus escuta é aquela em que, em pensamento, o homem faz uma
auto-avaliação, onde passa a ser crítico de si mesmo e não de seu semelhante.
Nesta prece o homem pode começar por perdoar
àquele que, em determinado instante, o feriu.
A prece deve ser feita com todo o sentimento bom que o homem tenha,
mas sem esperar que o Pai o atenda, pois só Ele sabe o que é bom.
Lembre-se: o silêncio é uma prece.
Pois, no silêncio absoluto, onde os pensamentos estão realmente voltados ao Criador, é que verdadeiramente nos sintonizaremos com o Pai Maior.
O homem não precisa estar neste ou naquele lugar para conversar com Deus.
Apenas tem de seguir a Sua Lei, ou seja: em todos os momentos de sua vida, procurar fazer o bem, não julgar, praticar a caridade e o verdadeiro amor.
Pode ter certeza que a esta prece, feita no dia-a-dia, Deus estará ouvindo com
alegria e, com certeza, o homem terá a bondade e a aprovação do Pai.
No entanto, mesmo aquele ser que não pratica a lei de Deus como deveria,
não está esquecido pelo Criador.
Ele, que é bondoso e justo, dá oportunidade a todos de reencontrarem-se
com Ele, mesmo que os homens teimem em não segui-Lo.
Portanto, comece a sua prece agradecendo a Deus por todas as oportunidades existentes em sua vida, as boas e até as momentaneamente ruins pois,
com certeza, elas o elevarão e o aproximarão do Pai.
Aceite sua vida como ela é; não se prenda ao como gostaria que ela fosse.
Esta é a prece que Deus ouve e atende.