A vida é um eco

A vida é um eco.
Se você não está gostando do que está recebendo,
observe o que está emitindo...
Existe um lixo emocional que é produzido nas usinas de nosso pensamento enquanto crescemos interiormente.
São emoções que passaram por nossa vida e nos ajudaram,
mas que não têm mais utilidades.
São sentimentos que foram importantes no passado,
não no presente.
São recordações de dor que nos amadureceram
e que agora não servem mais para nada.
Não podemos carregar esse lixo.
Ele deve ser jogado fora.
No entanto, apegados aos nossos sentimentos antigos,
ficamos com pena de deixá-los.
Enchemos nosso porão mental com uma quantidade imensa de memórias inúteis, que ofuscam as lembranças importantes.
Não procure sentir coisas que você não está sentindo mais.
Não procure ser como você era.
Você está mudando.
Permita que seus sentimentos o acompanhem e... seja feliz.

Dr. Jorge Bastos Garcia