Amigo

Amigo é quem faz questão de estar presente,
mesmo em pensamento, quando eu estou triste
e sorri distante quando estou alegre.

Amigo é quem usa o meu nome como referência de coisas boas e não para a justificativa de seus
próprios erros.

Amigo é quem escuta minhas lamentações
até o fim, sem fazer prévios julgamentos,
não me impõe suas verdades mas sempre
me diz honestamente aquilo que acha.

Amigo é aquele que quando falha comigo, apenas me sorri e diz que me ama e quando eu
falho com ele não exige que eu me justifique.

Amigo é aquele que sempre tem para comigo
palavras verdadeiras, nem sempre as mais doces,
porém sempre as mais sinceras.

Amigo é quem desce do muro para lutar comigo
quando estou em apuros e nunca espera para
passar as mãos na minha cabeça depois da luta.

Amigo é quem acredita nas minhas palavras
sem precisar que eu prove nada,
mas sempre chama a minha atenção
quando acha que estou exagerando.

Amigo é aquele que não exige que eu
divida as minhas atenções,
mas sempre me oferece a dele inteirinha.

Amigo é aquele que nunca espera que eu lhe peça para fazer algo. Age.

Amigo é aquele que nunca tem necessidade
de me pedir perdão porque jamais
fará algo para me machucar.

Amigo é aquele que não se cala, mesmo que
não saiba o que dizer, quando percebe que eu preciso de uma palavra amiga.

Amigo é aquele que é corajoso demais
para me chamar de tolo, se eu realmente for,
e não vive a endeusar-me por coisas
que não merecem elogios.

Cleide Canton Garcia