Amigo original

Hoje, já não me importo com a quantidade de roupas que tenho,
com o dinheiro que consegui acumular na poupança,
com a marca e o ano do carro que está na minha garagem.
A gente precisa viver um pouco, ser feliz um pouco, sofrer um pouco, se decepcionar um pouco para entender que o bem
mais valioso que possuímos são os amigos.
Não me refiro a colegas ou amigos de ocasião.
Não falo, também, daqueles amigos que passam pela nossa vida, rapidamente, sem deixar marcas importantes por não terem tempo de permanecer nela por estar sempre em busca de alguém novo.
Eu estou falando daquele tipo de amigo que chega sem avisar,
sem grandes apresentações e pretensões.
Um dia, porém, percebemos que ele já está na nossa vida há
tanto tempo que nem lembramos mais como ela era antes dele.
E aí, começamos a pensar no quanto aquela pessoa tem sido importante pra nós. Ela tem estado presente nas horas mais alegres. Se pegarmos nossa caixa de fotografias ela aparece em quase todas as fotos que temos, nas viagens, nas festas, nos aniversários, nas passagens de ano, nos natais, nos nascimentos de nossos filhos...
Logo depois, vem à nossa mente que nos momentos terríveis que vivemos, ela também estava ao nosso lado.
Disso, no entanto, só nós sabemos porque não existem fotos que registrem passagens tristes das nossas vidas.
As únicas testemunhas desses momentos são os bares da vida, o telefone, as madrugadas e e-mails que com o tempo se perdem.
Amigos são aqueles que nos prestam ajuda em qualquer tipo de situação e não abrem mão da nossa companhia por nada desse mundo. São aqueles que confiam a nós suas vidas e a quem também confiamos a nossa. São aqueles que não precisamos explicar com detalhes as nossas angústias.
Eles conhecem bem o nosso olhar e o tamanho
da dor que vai dentro do nosso coração.
São aqueles que detectam nossa alegria muito antes de qualquer pessoa detectar porque não precisam ver nosso sorriso para ter
certeza disso, basta olharem nosso rosto.
Amigos são aqueles que entendem nosso olhar e sabem o que estamos pensando tanto nas horas divertidas como nas complicadas.
Costumam dizer que existem vários tipos de amigos.
Isso não é verdade. Só existe um único tipo de amigo, o resto é falsificação barata que, às vezes, nos fazem viver uma parte de
nossas vidas acreditando que são originais.
Se você tem pelo menos um amigo original, não importa o sexo, agradeça aos céus. Você recebeu uma das maiores bênçãos que
um ser humano pode receber.
Interessante é que, quando somos muito amigos de alguém e vice-versa, tudo parece que é tão bom e vai passando tão rápido que acabamos esquecendo de dizer-lhe aquilo que ele sabe,
mas que adoraria ouvir: EU TE AMO!
Feliz dia do amigo!

Silvana Duboc