Amor inacabado

Esse verso é seu,
de mais ninguém
e vou mais além,
nem mesmo você saberá
que o escrevi pra lhe dar.
Deixo que as vírgulas falem
o que eu não posso falar
e que os acentos indiquem
onde eu gostaria de estar.
Esse verso será pequenino
e sem destino
só eu saberei que foi dedicado
a um amor inacabado
que se iniciou
sem nunca ter começado.

Silvana Duboc