Ando...

Ando enamorada de você
mas tenho vergonha de dizer
porque fico imaginando
que você possa não me querer.
Ando tão inebriada
completamente encantada
que evito até o seu olhar
com receio de você notar.
Ando entregue a essa emoção
de um modo que o meu coração
tenta de toda forma disfarçar
mas dispara quando vê você se aproximar.
Ando tão descompensada
que se ouço ou leio suas palavras
me sinto sem fôlego, atordoada.
Ando perdidamente apaixonada
e o pior é que pressinto que tudo isso
não vai dar em absolutamente nada.

Silvana Duboc