Aprendi

Aprendi que esperar é um dom,
que as coisas ruins sempre trazem algo de bom,
que a dúvida pode nos impulsionar
e nos fazer não desistir e sim tentar.

Aprendi que o que é difícil
e que nos faz correr riscos
são, talvez, as melhores coisas que vivemos
pois são com elas que crescemos.

Aprendi que não existe impossibilidade
quando é imensa a vontade
de realizar um desejo
apesar de nossos medos.

Aprendi que viver é como caminhar
sobre um cabo de alta tensão
e aprendi que não adianta tentar
ignorar nosso coração.

Silvana Duboc