Auto-indução

Uma mulher chegou em casa e disse para o marido:
- Zé, lembra das enxaquecas que eu costumava ter toda vez que nós íamos fazer amor? Estou curada.
- Não tem mais dor de cabeça?!?! - o marido perguntou espantado e a esposa respondeu:
- Minha amiga Margarete me indicou um terapeuta que me hipnotizou. O médico me disse para ir para frente do espelho, me olhar bem no espelho e repetir para
mim mesma: Não tenho mais dor de cabeça. Não
tenho mais dor de cabeça. Não tenho mais dor de cabeça. Fiz isso e a dor de cabeça parece que sumiu.
- O marido respondeu: - Mas que maravilha!
Então a esposa falou para o marido.
- Nos últimos anos você não anda muito interessado
em sexo. Por que você não vai ao terapeuta e tenta ver se ele te ajuda a ter interesse em sexo novamente?
O marido concordou, marcou uma consulta e alguns dias depois estava todo fogoso para uma noite de amor com a esposa. Então foi correndo para casa e entrou arrancando as roupas e arrastando a esposa para o
quarto. Colocou a esposa na cama e disse para ela:
- Não se mova que eu já volto.
Ele foi ao banheiro e voltou logo depois, pulou na cama e fez amor de maneira muito apaixonada como nunca tinha feito com a esposa antes.
A esposa falou: - Zé, foi maravilhoso!
O marido disse novamente para a esposa.
- Não saia dai que eu volto logo.
Foi ao banheiro e a 2ª vez foi muito melhor que a 1ª.
A mulher sentou-se na cama, a cabeça girando em êxtase com a experiência.
O Marido disse outra vez:
- Não saia dai que eu volto logo.
Foi ao banheiro.
Desta vez, a esposa foi silenciosamente
atrás dele e quando chegou lá o marido
olhava para o espelho e dizia:
- Não é minha esposa.
- Não é minha esposa.
- Não é minha esposa.
- Não é minha esposa.
- Não é minha esposa.
- Não é minha esposa.
- Não é minha espo.....saaaaaaaaaa...

O velório do Zé está marcado para amanhã,
na capela 13, do cemitério da Saudade...