Conheço esse mundo

Meu coração bate devagar
quase querendo parar
assim como bate o seu
porque nesse momento
do meu ele se perdeu.
Embrenhou-se pela escuridão,
se afundou numa imensidão
de tristezas e amarguras,
de silêncios e torturas.
Conheço esse mundo
tão vago e tão profundo,
tão obscuro e fatal,
tão delicado e especial.
Quando o seu coração acordar
desse enorme pesadelo
o meu aqui vai estar para socorrê-lo.

Silvana Duboc