Coração não envelhece

O tempo roubou minha juventude,
minha pele que era clara e rosada
hoje está um pouco manchada.
Meus cabelos não têm mais o mesmo brilho
e eu também tive filhos,
meu corpo se modificou,
muita coisa em mim se transformou.
As unhas que eram inquebráveis
hoje parecem descartáveis.
As rugas se tornaram inevitáveis,
cicatrizes com que a vida me presenteou.
Dores percorrem meu corpo sem cessar,
talvez seja a coluna que não pode aguentar
certas cargas que insisto em carregar.
Quase tudo em mim foi alterado,
foi assim que o tempo mandou o seu recado.
No entanto tem algo em mim que não mudou,
meu coração ainda ama
do jeito que no passado amou.
Ama com tanta intensidade,
ama com tanta vontade
que me faz sentir uma adolescente
em estado permanente
de alegria, entusiasmo e euforia.
Coração não envelhece,
não enruga, não enrijece,
coração estufa e cresce
quando um verdadeiro amor
a vida nos oferece.

Silvana Duboc