Culpados?

Eu digo o que não quero dizer
eu choro tentando esconder
eu faço de tudo pra você entender
que sei que não sou dona de você.

Eu tropeço nas palavras
eu me encharco de lágrimas
eu me arrependo
em seguida, eu me rendo.

Eu sinto pelo seu ontem que não foi meu
pelo seu hoje que, ao meu lado, não transcorreu
pelo seu amanhã que você ainda não viveu.

Eu entendo tudo perfeitamente
mas existem dias que fico carente
e ponho tudo a perder
fazendo você sofrer.

Na verdade, não existem culpados
apenas dois corações amargurados
que gritam suas tristezas
juntos, lado a lado.

Silvana Duboc