De amiga para amiga...

Hoje é dia de falar das amigas. É isso mesmo: de amiga pra amiga.
Há quem diga que mulheres, quando são amigas, ficam insuportáveis, porque concordam sempre uma com a outra e não se desgrudam.
Há quem diga que as mulheres são falsas e fofoqueiras (boa parte é mesmo).
Há quem diga que as mulheres brigam, discutem,
se desentendem, mas nunca deixam de ser amigas.
A verdade é que é muito bom ter amigas.
A cumplicidade, o carinho e a compreensão que pode acontecer entre duas mulheres é uma das coisas mais lindas que somos capazes de alcançar.
A vida nos apresenta milhares de pessoas.
E cada uma delas vem cumprir um papel conosco.
Todas elas ficam na nossa memória, nos nossos hábitos, nas nossas fotos, nos nossos guardados...
E no meio de tudo que se sente de dor, ou de prazer.
Eu tenho saudade de todas as amigas que já tive na vida, mesmo aquelas
que me machucaram. E tenho saudades de mim mesma quando lembro
de alguma amiga que perdi.
Aquela amiga desbocada que só fala palavrão e
se mete em encrenca, mas faz você rir muito.
Tem aquela outra que é chorona.
Aquela pra quem você conta absolutamente tudo,
e sente que foi entendida, e sai aliviada.
Aquela que te dá broncas e manda você parar de roer as unhas.
Aquela que não tem vergonha de dizer que te ama.
Aquela que apresenta os melhores caras.
Aquela que passa com você o momento mais difícil da sua vida.
Aquela que liga todo dia.
Aquela que desistiu de um cara porque sabia que você estava a fim.
Aquela que te abraçou em silêncio e sentiu você chorar.
Aquela que faz tudo que você pede.
Aquela que ouve quando você está apaixonada
e passa horas falando do mesmo assunto.
E aquela outra que exige a sua atenção.
Tem também aquela que apóia as suas loucuras.
E a outra que reprime você em quase tudo.
Tem aquela idealista, com quem você discute
horas os problemas existenciais da humanidade.
Aquela que só liga no dia do seu aniversário,
e que mesmo assim você a adora.
Aquela que parece sua mãe, e vive pra te dar conselho.
Tem também aquela por quem você sente
um carinho enorme desde a primeira vez que viu.
Aquela que te deu o conselho certo, que você não ouviu.
Aquela que presenciou o maior mico, segura seu braço quando você
tropeça ou quando vai atravessar a rua, sem olhar.
Aquela que irrita, mas que você não imagina a vida sem ela.
Aquela que defende você de tudo e de todos.
Aquela que sempre traz um presentinho.
Aquela que chora a sua dor.
Aquela que era a mais chegada, mas some.
E aquela que é uma irmã pra você.
E tem também a melhor amiga, aquela, que é simplesmente aquela.
Claro, os homens também sabem ser bons amigos.
Também deixam ótimas lembranças.
Mas nada é igual à amizade entre duas mulheres.
Um grande beijo para as amigas que vierem a ler isso, para aquelas que
estão perto e longe de mim, para aquelas que eu lembro a todo minuto
e nem sabem disso.
Digo sem piscar que a vida vale a pena por causa da amizade,
e quem me ensinou isso foram vocês.
"....Valeu por você existir, amiga!!!...
"