Decreto no céu

O céu estava ficando muito lotado e São Pedro resolveu baixar um 
decreto que, para entrar no céu, a pessoa deveria ter passado por um
dia  terrível no dia da sua morte.
O decreto entrou em vigor imediatamente.
Então, quando a 1ª pessoa chegou, São Pedro perguntou:
- Como foi seu dia, como você morreu?
-  Bem  já fazia muito tempo que eu estava desconfiando que minha
mulher estava  me  traindo... então, resolvi voltar para  casa mais
cedo e pegá-la em  flagrante.
Quando cheguei em meu apartamento, no 25º andar, minha mulher  estava enrolada numa toalha, muito nervosa, e agindo de uma forma suspeita.
Procurei em todos os cantos da casa (debaixo da cama, dentro do 
guarda-roupa, etc.), mas não encontrei ninguém.
Eu já estava desistindo de procurar, quando olhei para a sacada
e vi o safado pendurado no corrimão.
Transtornado, peguei a vassoura e comecei a bater na mão dele
, até que  ele  se soltou e caiu do 25º andar.
Mas por infelicidade minha, ele caiu sobre um toldo que amorteceu
a queda  e ele não morreu.
Fiquei com tanta raiva que peguei o que tinha de mais pesado dentro
de  casa (a geladeira) e joguei em cima dele. Só que eu me emocionei
tanto que tive um ataque do coração e morri.
- É, seu dia foi terrível! - disse São Pedro - Pode entrar!
Cinco minutos depois, chegou o 2º candidato à entrada ao céu.
E São Pedro perguntou:
- Como foi seu dia, como você morreu?
- Bem, eu estava fazendo meus exercícios diários na varanda do meu  apartamento no 26º andar, quando escorreguei e caí.
Por sorte, consegui me segurar no corrimão do apartamento abaixo do meu, no  25º andar.
Já estava quase conseguindo me levantar, quando apareceu uma mulher enrolada em uma toalha e um maluco começou a bater
nas minhas mãos com um cabo de vassouras; então, caí.
Mas como um toldo amorteceu minha queda,  não  morri.
E lá estava eu, todo dolorido, tentando me levantar, quando
o mesmo maluco  jogou uma geladeira em cima de mim.
São Pedro começou a rir e disse: - Já entendi tudo. Pode entrar!
Depois de mais cinco minutos, chegou o 3º candidato.
E, como de costume, São Pedro lhe perguntou:
- Como foi seu dia, como você morreu?
- Olha, o senhor não vai acreditar... mas eu estava pelado dentro de uma  geladeira, e até agora não entendi o que aconteceu...