Desejo de amar
Eliana de Lima

Foi sem querer, que derramei toda emoção
Undererê e cerquei seu coração, undererê
Me machuquei, te feri, não entendi
Undererê como dói a solidão
Não, não, não, não, não

Agora estou sozinha precisando de você
E você não está por perto pra poder me ajudar
A estrada desta vida está difícil sem você
E você não está por perto pra poder me ajudar

Hoje eu estou arrependida do que fiz undererê
Venho te pedir perdão, perdoa paixão
Ai meu coração tão solitário sem você
Undererê está ardente de paixão
Não, não, não, não, não

Agora estou sozinha precisando de você
E você não está por perto pra poder me ajudar
A estrada desta vida está difícil sem você
E você não está por perto pra poder me ajudar

Agora estou sozinha precisando de você
E você não está por perto pra poder me ajudar
A estrada desta vida está difícil sem você
E você não está por perto pra poder me ajudar

Ou, ou, ou, ou,ou
ou, ou, ou, ou, ou
ou, ou, ou, ou, ou
E você não está por perto pra poder me ajudar
E você não está por perto pra poder me ajudar