Dia da Mulher

Mulher
Semente...
SER-mente...
SER que faz gente,
SER que faz a gente.

Mulher
SER guerreiro, guerrilheiro, lutador...
multimídia, multitarefa, multifaceta,
multi-acaso... multicoração...

Mulher
SER que dá conta,
que vai além da conta,
que multiplica, divide, soma e subtrai,
sem perder a conta,
sem se dar conta,
de que esse século foi seu parto,
na direção de seu espaço,
de seu lugar de direito e de fato,
de seu mundo que lhe foi usurpado
e que agora é por ela ocupado.

Mulher...
Esse SER florado,
esse SER adorado,
esse SER adornado,
que me põe em um tornado,
me deixa saciado e transtornado,
que me faz explodir e sentir-me extasiado.
SER admirado...

Mulher...
Nesse final de milênio, faça a transição.
Tire de seu coração a semente
que vai mudar toda a gente
levando o mundo a ser mais decente...
Um mundo mais feminino,
mais rosado e sensibilizado,
mais equilibrado e perfumado...

Parabéns, Mulher!
Não pelo oito de março,
nem pelo beijo e pelo abraço,
nem pelo cheiro e pelo amasso.
Mas por ser o que é:
Humus da humanidade,
Raiz da sensibilidade,
Tronco da multiplicidade,
Folha da serenidade,
Flor da fertilidade,
Fruto da eternidade...
Essência da natureza humana.

Parabéns...