É simplesmente amizade!

Lembra quando eu estive estirada no chão
e você veio e me ofereceu sua mão?
Lembra quando eu não tinha razão
e você me chamou a atenção
mas nem por isso me abandonou?
Lembra quando meu peito estourou
de tanta dor e sofrimento
e você me deu um enorme alento?
Lembra quando eu chorei desesperadamente
e você secou minhas lágrimas docemente?
Lembra quando eu quase morri de felicidade
e você me deu total liberdade
de dividir esse momento com um milhão de pessoas?
Lembra que não nos identificamos à toa?
Lembra quando você não concordou com o que eu
fazia mas mesmo assim me respeitou como podia?
Lembra que já brigamos,
mas profundamente nunca nos magoamos?
Lembra que, um do outro, nunca desconfiamos?
Lembra que, um contra o outro, jamais jogamos
e que o nosso relacionamento
sempre foi envolto num verdadeiro sentimento?
Lembra que os meus defeitos sempre respeitaram
os seus e que os seus sempre aceitaram os meus?
Lembra que quando o sol brilhava pra você
em mim ele refletia o porquê?
Lembra que o destino, tão generoso,
tramou esse nosso encontro tão gostoso?
Afinal, você lembra a razão dessa nossa ligação?
Não é compromisso, nem obrigação,
não é vício, nem imposição,
não é carência, nem necessidade.
É simplesmente amizade!