Ele não acabou

Pra mim continua tudo igual,
na minha vida
você ainda faz o papel principal.
O que, em você, se transformou
pra mim despercebido passou.
Foi sempre assim meu amor,
a sua beleza ele jamais enxergou
e seus defeitos também não notou.
Ele foi bem mais profundo,
maior que o de todo mundo
que um dia de você gostou.
Ele foi apenas verdadeiro,
intenso, inteiro.
Não foi como chuva de verão
nem como a claridade e a escuridão
que surgem e desaparecem na imensidão.
Meu amor resistiu a todas as tempestades,
saltou montanhas embalado na coragem,
nunca escorregou
e eternamente se superou.
Meu amor não passou despercebido,
apenas caminhou tímido e contido.
Mas como o tamanho de um amor
não se mede pelo seu caminhar
e sim na hora da dor
aqui estou para lhe provar
que ele não acabou.

Silvana Duboc