Erga-se!

Sabe aquele momento em que a gente pensa que chegou no limite das próprias forças e que não vai mais conseguir avançar?
Quando não conseguimos conter as lágrimas (e nem devemos!)
e tudo parece um grande vazio?
Esse momento que, não importa a nossa idade,
pensamos que já é o fim?...
e um desânimo enorme toma conta de nós?
Esse momento, ao contrário do que parece,
é justamente o ponto de partida!!!
Se chegamos a um estado em que não avançamos mais,
é porque devemos provavelmente tomar uma outra direção.
Quando chegamos a esse ponto de total insatisfação,
é sinal de que alguma coisa deve e precisa ser feita.
Não espere que os outros construam pra você, planeje e faça!
Você é responsável pelos próprios sonhos e pela realização deles.
Nas obras da vida, não precisamos de arquitetos para planejar por nós.
Com um pouco de imaginação e um muito de boa vontade, podemos reconstruir sozinhos a casa que vamos
morar e o futuro que nos oferecemos.
É humano se sentir fragilizado, às vezes, e mesmo necessário para que tenhamos consciência que não somos infalíveis, não somos super-heróis,
mas seria desumano parar por aí.
E injusto, para os outros, mas principalmente para consigo mesmo.
Recomeçar é a palavra!
Recomeçar cada vez, a cada queda, a cada fim de uma estrada!
Insistir!...
Se alguém te feriu, cure-se!
Se te derrubaram, levante-se!
Se te odeiam, ame!
Erga-se! Erga a cabeça!
Olhando para baixo, só podemos ver os próprios pés.
É preciso olhar pra frente.
Plante uma árvore, faça um gesto gentil, tenha uma atitude positiva.
É sempre possível fazer alguma coisa!
Não culpe os outros pelas próprias desilusões, pelos próprios fracassos.
Se somos nossos próprios donos para as nossas vitórias,
por que não seríamos para as nossas derrotas?
Onde errou, não erre mais!
Onde caiu, não caia mais!
Se você já passou por determinado caminho,
deve ter aprendido a evitar certas armadilhas.
Então, siga!
Dê o primeiro passo... depois caminhe!!!
Tenho certeza que a felicidade não mora ao seu lado, nem à sua frente. Ela está junto de você!
Descubra-se e faça a sua felicidade!!!

Letícia Thompson