Esforço individual

Você já pensou no valor do esforço individual?
Uma demonstração desse valor foi realizada numa noite escura, sem estrelas, durante um comício patriótico no Coliseu de Los Angeles.
Havia cerca de cem mil pessoas reunidas no local, quando o presidente avisou que todas as luzes seriam apagadas. Disse que, embora ficassem
na mais completa escuridão, não havia motivo para receio.
Quando as luzes se apagaram e as trevas tomaram conta do ambiente,
ele riscou um fósforo e perguntou à multidão: "quem estiver vendo
esta pequenina luz queira exclamar: sim!"
Um vozerio ensurdecedor partiu da assistência.
Todos percebiam aquela minúscula chama.
O silêncio se fez novamente e o homem falou:
"Assim também fulgura um ato de bondade num mundo de maldade."
E, insistindo em suas idéias, lançou um desafio: "vejamos agora
o que acontece se cada um de nós acender um palito de fósforo."
Num instante, quase cem mil minúsculas chamas banharam de luz a imensa arena, fruto da colaboração de cem mil indivíduos, cada um fazendo a parte que lhe tocava. Essa foi a maneira singela que um homem utilizou para despertar nos indivíduos o valor do esforço pessoal.
Geralmente, na busca de soluções para os problemas, imaginamos que somente grandes feitos poderão ter um resultado eficiente.
Quando olhamos uma imensa montanha, por exemplo, concluímos que muito trabalho foi preciso para que ela tomasse as dimensões que possui, mas nos esquecemos de que ela é formada de pequenos grãos de areia.
Olhando o mundo sob esse ponto de vista, e fazendo a parte que nos cabe, em pouco tempo teríamos um mundo melhor.
Mas se pensarmos que somos incapazes de mudar o mundo,
o mundo permanecerá como está por muito tempo.
Todos temos valores íntimos a explorar. Todos temos condições de contribuir com uma parcela para a melhoria do mundo em que vivemos.
Um palito de fósforo aceso, é capaz de derrotar as trevas. Pode ser uma pequena chama, mas sua claridade é percebida à grande distância.
Jesus falou das possibilidades individuais de cada
um com a recomendação: "Brilhe a vossa luz."
Assim, quando a situação se apresentar nublada em derredor, podemos acender a nossa pequena chama e romper com a escuridão.
Não importa a situação em que estejamos colocados, sempre
poderemos fazer algo de bom em benefício de todos.
Cada indivíduo é uma engrenagem inteligente
agindo no contexto da máquina social.
E a máquina somente funcionará em harmonia e atingirá seus
objetivos se todas as peças cumprirem a parte que lhes cabe.