Etéreo

Existe amor que marca de tal
forma a nossa alma,
que permanece em nossa vida
além da eternidade.
Ele machuca, fere,
depois cicatriza
mas, fica alí...
Tatuado!
Com o passar dos tempos,
ele vai camuflando a dor...
Usa a máscara do riso, da alegria,
do tanto faz como tanto fez mas,
morrer, ele não morre...
Nunca !
Ele se transforma...

Laura Limeira