Eu não sabia que você existia

Eu não sabia que você existia,
portanto, não te procuraria,
não te achando, não te amaria,
não te amando, não sofreria.

Eu não fui atrás de você
pra dentro dos teus sonhos me perder.
Eu não tive a intenção de te oferecer carinho
e não programei te aconchegar no meu ninho.

Eu apenas estava passando
e você se infiltrou nos meus planos,
me arrancou da realidade
e, por algum tempo, me levou à felicidade.

Eu não acreditava mais no amor,
meu coração vivia inundado de dor
de tristeza e decepção,
de mágoa e desilusão.

Apesar da solidão eu sabia sorrir,
eu conseguia reagir
curando todo dia uma das minhas feridas
e vivendo a minha vida.

Agora, de novo, todas se abriram
e muitas outras surgiram
e eu nem consigo entender
o que eu fiz pra isso merecer.

Eu não sabia que você existia,
muito menos que me queria
pra me fazer te amar e me fazer sofrer,
pra me usar e depois desaparecer.

Silvana Duboc