Eu saberei aproveitar

Só um minuto de você
para que eu possa lhe dizer
do amor que mora em mim.
Quem sabe assim
alivio o meu coração.
Só um segundo, então,
para que eu possa lhe explicar
que viver dessa maneira
não dá para aguentar.
Na verdade, eu queria horas suas,
dias, meses e anos,
porque viver nesse abandono,
vem me matando.
Só um espaço de tempo, então,
que não vá lhe atrapalhar,
o menor que você puder me dar.
O tamanho do meu amor
cabe dentro de um segundo
e também na imensidão do mundo.
Quando é preciso ele se esconde
mas, na verdade, nem sei onde
e quando encontra alguma brecha pra escapar
ele explode sobre a terra e sobre o mar.
Me conceda, então, o tempo que desejar
eu saberei aproveitar.

Silvana Duboc