Eu tenho notado

Eu sinto,
eu tenho percebido
que você me lê e sente comigo
cada fagulha do meu sofrimento,
cada murmúrio de lamento
que meu coração, amargurado,
em forma de recado
envia para o seu.
Eu tenho notado
que o meu grito calado
é o seu choro abafado.
Eu tenho sentido
que em cada letra, em cada palavra
você pensa, assustada,
quem sou eu
que lhe desnudo a toda hora
através da minha história.
Eu tenho reparado
que o que eu trago
dentro do meu coração trancado
é o mesmo que no seu está tatuado.
Não adianta mais disfarçar,
melhor fazer como eu faço,
escreva o seu fracasso.

Silvana Duboc