Falar do meu amor para você

Pode dar uma estrofe bonita
um soneto suave,
ou um verso esquisito.
Falar do meu amor para você
me faz esquecer as coisas
Tão banais que eu tenho que fazer.
Tenho mesmo que lhe
contar do meu amor por você.
Sem verso bonito,
sem rima preciosa,
nem sequer uma folha cor-de-rosa
eu guardei para escrever.
Eu não te amo, só isso.
Eu tenho é uma bruta d'uma
paixão por você.
E paixão não faz versos,
não faz rimas.
Só faz o corpo ferver.
Só faz a mente parar,
faz o sangue estancar
quando eu penso em lhe ver.
Não te amo, só tenho uma bruta
d'uma paixão por você.

Matilda Penna