Filmes nordestinos

Para uma fácil aceitação da população nordestina,
os cinemas locais mudam os nomes dos filmes.
Veja abaixo o nome de alguns filmes que já
foram mudados pelos nordestinos:

A Cabrita Aprumada
(Uma Linda Mulher)

O Coroné Arretado }
(O Poderoso Chefão)

Arreda Capeta!
(O Exorcista)

Os Jagunço di Zóio Rasgado
(Os Sete Samurais)

O Calangão
(Godzila)

Os Vaquero Baitola
(Os Brutos Também Amam)

O Cabiludo e a Quenga
(Sansão e Dalila)

Cherim di Caboca
(Perfume de Mulher)

Oxente, Oxente, Oxente!
(Tora, Tora, Tora!)

Mainha num Morre Mais!
(Mamãe faz cem anos)

Arranca-rabo nu Céu
(Guerra nas Estrelas)

O Lambarí cum nomi di Muié
(Um Peixe Chamado Wanda)

Beata Increnquera
(Noviça Rebelde)

O Monstrim da Igreja Grandi
(O Corcunda de Notre Dame)

Nóis Tamo é Lascado
(O Fim dos Dias)

Um Cabra Pai D' égua di Quem Ninguém Discunfia
(Um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita)

Os Minino du Mudim
(Os Filhos do Silêncio)

A Onça Viada
(A Pantera Cor-de-rosa)