Gurus da saúde

Com dicas simples, preparadores físicos, nutricionistas e médicos, ajudam as pessoas a abandonar vícios, sair do sedentarismo, melhorar hábitos alimentares e, assim,
conquistar a tão sonhada qualidade de vida.

Os onze mandamentos de Nuno Cobra, preparador físico:

1- Durma pelo menos oito horas e tente acordar sem despertador. "Ele é uma agressão ao organismo";
2- Alimente-se em pequenas quantidades a cada três horas;
3- Cheire a comida, pegue as folhas com as mãos e mastigue o mais devagar possível;
4- Exerça alguma atividade física pelo menos três vezes por semana. Uma hora de caminhada pode ser praticada por qualquer pessoa, em qualquer lugar, e é suficiente para obter os benefícios do esporte;
5- Evite ficar nervoso. Em situações de stress, experimente bocejar e espreguiçar;
6- Dedique pelo menos quinze minutos do dia à meditação. Escolha um local silencioso, sente-se numa posição confortável e se esqueça da vida;
7- Tome ao menos dois banhos frios por dia. Esse hábito é energizante;
8- Nenhum tratamento irá funcionar se você não abandonar seus vícios, a começar pelo cigarro;
9- Quando fizer exercícios físicos, concentre-se apenas neles. Não leia enquanto pedala na bicicleta nem ouça música enquanto corre;
10- Preste atenção ao fluxo de ar que entra e sai de seu pulmão e procure respirar mais profundamente;
11- Faça elogios com mais frequência. Essa tática funciona como um ímã e faz com que todos queiram estar a seu lado.

Os cinco mandamentos de Alfredo Halpern, endocrinologista

1- Não se culpe por ser gordo. Procure ajuda e emagreça;
2- Fuja das fórmulas mágicas e das dietas milagrosas. O que vale é aprender a comer;
3- Não há alimento proibido. O segredo é não exagerar em nada;
4- É possível comer bem e ter um peso normal;
5- Obesidade é uma doença e, às vezes, seu tratamento requer a intervenção de medicamentos. Mas lembre-se: eles precisam ser receitados por um médico.

Os cinco mandamentos de Fernanda Lima e Ari Stiel Radu, reumatologistas

1- Não pratique exercícios em locais expostos à poluição, como avenidas movimentadas. Escolha horários com menos tráfego ou deixe para se exercitar em casa, numa esteira, por exemplo;
2- A regularidade traz mais benefícios à saúde do que a intensidade da atividade física;
3- Fique atento à postura. Se você não se cuidar, todo o seu esforço com atividades físicas poderá ser em vão;
4- Seja paciente com seu corpo. Em um mês, você não vai recuperar o atraso de dez anos;
5- Evite exercitar-se em horários de calor excessivo, para não sofrer desidratação.

Os cinco mandamentos de Mauricio Hirata, clínico geral

1- Arrume um espaço na agenda para fazer ginástica, como o horário do almoço;
2- Coma alimentos saudáveis. Se for o caso, leve a comida de casa;
3- Ponha um comedouro para pássaros na janela de sua casa ou apartamento e observe os movimentos dos animais. É excelente para relaxar;
4- Não perca muito tempo de seu dia no trânsito.
Se você mora longe do trabalho, mude-se para mais perto;
5- Deixe a janela do quarto entreaberta se você tem dificuldade em acordar de manhã.
A luz ajuda o cérebro a perceber que já é dia;

Os cinco mandamentos de Tânia Rodrigues, nutricionista

1- Acostume-se a beber mais água. Deixe uma garrafa de meio litro sobre a mesa de trabalho e outra dentro do carro;
2- Inclua pelo menos três frutas na alimentação diária. Elas garantem quantidades mínimas de vitaminas, fibras e minerais, que ajudam a prevenir diversos tipos de câncer;
3- Não saia de casa sem se alimentar. Se sua refeição for apenas um cafezinho, pelo menos acrescente um pouco de leite à xícara;
4- O jantar deve ser a refeição mais leve do dia.
Se você tem mais fome à noite, faça um esforço e coma menos nesse horário. O corpo se acostumará e você terá mais apetite de manhã;
5- Coma uma pequena porção de algum alimento rico em carboidrato trinta minutos antes
das atividades físicas. Isso vai melhorar seu rendimento.

Os cinco mandamentos de Hong Jin Pai, acupunturista

1- Reclamar da vida só causa stress. Em vez de resmungar porque faz frio, vista um agasalho;
2- Passamos a maior parte do dia no trabalho. Por isso, você precisa amar o que faz;
3- Aproveite o trânsito para escutar alguma música de que goste, estudar um idioma ou, se não estiver dirigindo, ler;
4- Seja otimista. Lembre-se de que todas as crises são passageiras;
5- A terceira idade deve ser a melhor fase da vida. Estude, exercite-se e leia. Ficar parado só acelera o envelhecimento.