Já sei

Já sei, está com raiva de mim.
É sempre assim,
eu digo o que sinto
e você não consegue entender
e fica remoendo essa raiva
que eu não fiz por merecer.
Já sei, resolveu se afastar
e um castigo me dar
achando que eu não vou suportar
e cedo ou tarde vou lhe procurar.
Já sei, está dizendo pra si mesmo
que pode viver sem a minha companhia,
que eu não faço, na sua vida,
a falta que eu gostaria.
Já sei, desculpas você não me pedirá
porque acha que está certo
custe o que custar.
Já sei, lá no fundo você tem sentido saudade
mas não quer encarar essa realidade.
Já sei, você pensa que seu coração é de aço
e que o meu abraço
não tem a menor importância.
Mas eu também sei que você é como criança,
faz bico e gosta de maltratar
para depois nos meus braços se jogar.
Já sei, vai ser sempre assim que vamos viver,
nos querendo e sem conseguirmos nos entender.

Silvana Duboc