Jogue fora

Jogue fora tudo aquilo que você não precisa mais!
Jogue fora as mágoas, as ofensas, as lembranças tristes.
Nunca mais deixe que tudo isso sufoque o seu peito
e tire o brilho de sua vida!
Nunca mais permita que o que aconteceu com você,
contamine e mate o que está vivendo!
Nunca mais deixe que isto faça com que você deixe de tocar o seu violão amarelão e com sua doce voz, entoar lindas canções,
que tanto alento leva aos corações.
Quanto aos seus erros e fracassos, olhe-os com ternura e com compaixão. Tudo o que você fez, foi o melhor naquele momento.
É claro que faria diferente se fosse hoje, mas a decisão naquele instante era a melhor opção que você tinha.
Seja benevolente consigo mesmo.
A gratidão gera gratidão, e o perdão gera perdão viu?
E o inverso também é verdadeiro: lamúria atrai lamúria!
Portanto, fique atento aos seus pensamentos e atitudes.
Pois é o sentimento de gratidão e de perdão que faz você
sentir paz de espírito e paz consigo mesmo.
A gratidão faz com que você se olhe no espelho e diga: "que bom
que esse daí sou eu: com qualidades e defeitos, com acertos e erros.
E também com muitas realizações na vida"
Somente estes sentimentos tem esse poder de fazer
você conversar com a sua alma no espelho.
Transforme o orgulho em gratidão, tá?
Tenha coragem de fazer uma faxina na sua alma.
Limpe o que já passou.
Perdoe quem tem que perdoar.
Deixe o passado onde tem que ficar: lá atrás!
Cure-se! Faça tudo para ser feliz!
Ouça muito mais a sua alma e cale a boca de sua personalidade tagarela e implicante. Viva com mais amor.
Perdoar é o modo mais sublime de crescer.
Pedir perdão é o modo mais sublime de se levantar.