Jura-me

Jura-me
Que este amor tão profundo,
Que trago aqui no peito
É o mesmo que levas ao nosso leito

Jura-me
Que essa loucura linda é o nosso amor,
E teus pensamentos, são meus
Assim como os meus são teus

Jura-me
Que apesar do tempo, e do mundo,
Nada poderá apagar os momentos
E todos os desejos, ainda em pensamentos

Jura-me
Que perdoa minhas faltas
As besteiras que já te fiz
Diga-me que o que importa é ser feliz

Jura-me
Que dizes a verdade
Quando sussurras a mim
Que nenhuma te faz gozar assim

Jura-me
Por fim que, se um dia se for,
Levará contigo meu amor
Para amenizar do meu peito toda dor

E que toda vez que ela te beijar
Por um segundo apenas
Em mim você vai pensar
E do nosso amor pra sempre
Se lembrar...

Silvana Cervantes