Justiça e vitória

Nada de vergonha na derrota.
Nada de desânimo porque não aconteceu o que você esperava.
Nada de ficar se perguntando: onde foi que eu errei,
a não ser que você esteja fazendo uma análise justa dos fatos
e não simplesmente se culpando.
Nada de tentar remediar o erro, errar ainda é humano e o mais correto é tentar não errar de novo na mesma situação.
Nada de ficar com o orgulho ferido; o orgulho é uma lente
que cega a visão, não nos deixa enxergar a realidade,
apenas o que supomos ser real.
Muita injustiça já foi cometida em nome do orgulho.
Nada de ficar prostrado em uma cama, isolado em um quarto, fugindo do mundo, nada disso, o combate ainda está acontecendo, a guerra ainda não acabou e você terá a vitória:
se não desistir, se não desanimar, se não se entregar,
se for humilde, se souber reconhecer o erro, se aproveitar a oportunidade e estudar mais, se souber onde buscar novos soldados, se contar com Deus, se simplesmente acreditar
que a felicidade é o seu direito e que o impossível é
apenas algo que ainda ninguém realizou, então com
certeza você será um vencedor.