Lembranças, pecados e paixões

Sua lembrança teima em ficar,
na boca os beijos,
no amor que sinto,
no choro que não veio,
nas lágrimas descontroladas.

O gosto não sai da boca,
suas marcas estão espalhadas,
o cheiro do meu corpo é seu perfume,
só o sorrindo é meu,
das lembranças boas a paixão.

Tenho medo, muito medo de amar mais,
não existem noites sem seu corpo,
o calor dentro da alma é insuportável,
não nego, te quero mais do que demonstro,
tanto que, algumas vezes, me sinto ridículo.

Posso viajar enquanto sonho,
tenho o amor desenhado na mente,
alguns caminhos já traçados,
pedras são os pequenos problemas
e algumas sombras que encobrem o amor.

Quero mais um abraço,
deixe que o tempo vá,
alguém que faça outros amores,
guardei tudo que é nosso,
escondi seu amor no meu.

Alguns beijos e vamos daqui,
dias passados ficaram mortos,
sou o amante que vive o amor hoje,
junto levo meus pecados,
no peito minha paixão.

Caio Lucas
15.07.03