Lua amante

Tal como a lua, inconstante,
de inigmático semblante,
Você se tornou meu amante:
Frio, calado, distante...
Até quando?

Quero com você dividir
Tristezas e alegrias
Realidade e fantasia
Mas você insiste em
Ser uma pedra de gelo
No sentimento...
Como eu lamento!
Até quando?

Tenho um mundo
De amor pra te dar
Mas você insiste
Em me fazer chorar...
Até quando?

Eleonora
27.11.03