A maior canção de amor

Por toda parte ouvimos belas canções dedicadas ao amor.
Mas, a maior e jamais escrita vem do alto.
A música é doce e a batida perfeita.
Mas, a letra você não ouvirá. É frequentemente em visões e sentimentos
que você será lembrado que Ele está próximo...
Um sorriso de um estranho num dia cinzento, um gavião voando alto,
uma ligação de um amigo em necessidade, um ocaso que o faz suspirar...
Uma risada de bebê, uma lágrima feliz, segurar uma mão idosa,
cada lâmina da grama e a queda da gota de chuva, o céu, o mar, a terra...
Uma suave brisa num dia do verão, a neve caindo macia, o cheiro de chuva
numa estrada empoeirada, observar crianças crescerem...
A música de um canário.
Colocando seus pequenos para dormir...
Os braços seguros e quentes de quem você ama.
O sol sobre sua cabeça.
Isto tudo fala de um amor tão puro, incondicional.
Ainda assim, frequentemente, nós não ouvimos Sua
canção tão ocupados estamos em nossa vida.
Imagine você criando uma bela canção de amor para os que são caros
em sua vida e eles nunca escutam; ninguém tem tempo.
Tenha tempo para ouvir a Sua canção. Sinta o amor que Ele canta.
Deleite-se na sincera beleza e toda a alegria que traz.
Feche seus olhos e ouça. Abra-os e veja.
Estenda seus braços e aceite Sua melodia; o mundo numa luz mais clara.
Se você escutar abertamente a Sua canção, você nunca estará sozinho, pois estará tocando desde o dia que Ele o criou até quando Ele levá-lo de volta ao lar.
De todas as canções de amor já feitas, jurando amor eterno,
a que você sempre pode acreditar é a que vem de cima.

Tradução de Sergio Barros
do texto de Cheri C. Carlson