Maldito Toshibinha

No primeiro dia de aula nos EUA, um japonesinho de nome Toshiba entrou
na classe. A professora saudou a todos os estudantes da classe, e disse:

- Vamos começar por rever a História Americana...
Quem disse: - Dêem-me a liberdade ou a morte?
Viu-se apenas um mar de caras de ignorância, com exceção do Toshibinha
que estava de braço levantado:

- Patrick Henry, 1775 - disse o pentelho.
- Agora - disse a professora, quem disse: - O Governo do povo,
pelo povo para o povo não deve nunca se extinguir da face da Terra?

Mais uma vez, tudo mundo calado, exceto o Toshiba:
- Abraham Lincoln, 1863.
A Professora virou-se para a classe e disse:
- Vocês deveriam ter vergonha. O Toshiba, que acabou de chegar ao nosso país, sabe mais dele do que vocês.

Assim que a Professora se virou para escrever no quadro, ouviu-se uma voz:
- Malditos Japoneses!
- Quem disse isso? - perguntou ela.
O Toshiba levantou o braço:
- Lee Iacocca, 1982.

Nesta altura, um aluno já de saco cheio do ar de superioridade do Toshiba
em relação ao resto da classe, levantou-se e disse: - Vou vomitar.

- Quem disse isso? perguntou novamente a professora.
Mais uma vez, o Toshiba levantou o braço:
- George Bush ao 1º Ministro Japonês, 1991.

Já furioso, um outro aluno grita para o filho da puta do Toshiba:
- Por que você não chupa o meu pau???

A professora, indignada, virando-se rapidamente para a classe, berra:
- Quem disse isso??????????

Mais uma vez, resposta do Toshiba:
- Bill Clinton para Mônica Lewinsky, 1997.