Me empresta...

Me empresta o teu ombro pra eu recostar,
os teus olhos pra eu me inspirar,
os teus lábios pra eu beijar.
Me empresta um pouquinho da tua vida
pra que a minha fique mais colorida.
Me empresta um cantinho do teu coração
pra eu poder ter a sensação
de que estou sendo muito amada
e por isso muito bem acomodada.
Me empresta a tua mão
e não me pede nenhuma explicação.
O motivo pelo qual peço tanto emprestado
tu sabes bem que mora no nosso passado.
Lá atrás te emprestei demais,
te emprestei além das minhas possibilidades
e independentemente da minha vontade.
Lá atrás tudo que te emprestei foi por amor,
pena que tu não soubeste dar valor.

Silvana Duboc