Meu coração

Você já deve saber
que todo coração desconhece razão,
que eles são íntimos, apenas, da emoção.
Mas tente compreender
o meu jeito diferente de ser.
Sou o cúmulo da razão
nas horas mais inesperadas
e, puramente, emoção
quando estou apaixonada.
Meu coração é assim meio cigano,
elabora mil planos,
totalmente, em cima da emoção
sem nunca se distanciar da razão.
Acho que ele é como uma montanha russa
por isso muita gente se assusta.
Mas você? Ah... você já sabe
como é o meu coração.
Ora um livro aberto fingindo discrição,
ora um cofre trancado
impossível de ser arrombado.

Silvana Duboc