Minha loucura

Eu alimento a minha loucura
com prazer e com ternura.
Eu enlouqueço esperando ser sua,
Eu me reparto, me desfaço
e num simples compasso,
dolorida, eu me refaço.
Eu, involuntariamente, me desgasto,
me firo e me castro
tudo isso por te adorar.
A minha loucura só tende a aumentar
se eu não me tratar,
mas será que existe tratamento
pra gente que enlouqueceu por amar?
Eu acho que pra esse forte sentimento
não existem médicos que eu possa consultar,
não existem formulas que possam me curar.

Silvana Duboc