Nada mudou de lugar

Quando eu te quis pela primeira vez
eu já sabia, como ainda sei,
que aquilo nunca iria acabar.
Eu entendi que o meu destino
seria pra sempre te amar
e que nada faria isso mudar.
Hoje olho pra trás
e penso no quanto eu acertei.
Nada mudou de lugar,
eu ainda te amo
como no passado eu te amei.
As dores procuro ignorar
porque quer queira, quer não
esse amor só faz aumentar.

Silvana Duboc