Ninguém vai te amar assim
Cleiton e Camargo

Eu tenho sede do seu amor
Loucura de viver com você
Beber da fonte do seu olhar
Dois corações querendo se amar
Talvez isso até seja impossível
Não sei se os meus sonhos são teus
Você está nas minhas canções
E peço nas minhas orações
Que seja meu presente de Deus
Nem o sol vai te dar
Mais calor do que eu
Ninguém vai te amar tanto assim
Você é a razão dessa louca paixão
É a força do amor que há em mim