No voy a apagar

Deixo acesa a luz.
Ela não sacia minha sede,
do toque dos seus lábios
nem do seu perfume,
fator maior dos meus queixumes.
Apenas me faz menos carente,
do seu corpo ausente.
As sombras que ela produz,
faz com que eu invente
você presente.

Rosa Pena