O reino do amor

Sei que não é muito,
mas eis meu braço para te amparar,
Eis minha alma para te dar guarida,
Eis meus carinhos para curar tuas feridas,
Eis meu coração para te amar...

Sei que não é muito,
mas tenho lágrimas também
Para chorar contigo em tua solidão...
E eis que aqui tens a minha mão
Para levar-te muito mais além...

Eis que te esperam
a pureza e a harmonia,
Os carinhos, os abraços, os beijos, a emoção,
E eis que aqui está meu coração
A receber-te em hinos de alegria!

Aqui, serás rei de um reino conquistado,
Eis-me tua serva apaixonada e fiel,
Vem servir-te dos favos deste mel
No reino que a ti está reservado...

Aqui encontrarás conforto na lareira,
Onde arde a chama intensa da paixão,
Aqui encontrarás abrigo, eis minha mão
Vem arder comigo nesta fogueira.

J.B.Xavier