O som do meu coração

Antes do mundo ser criado
eu já sabia que ia lhe conhecer,
então, fiz várias encomendas pra você.
Imaginei que ele precisaria ser
um lugar muito bonito
e implorei por certos requisitos
para o grande Criador.
Pedi a Ele, por favor,
que criasse o sol pra lhe aquecer,
a lua pra lhe fazer sonhar,
a música pra lhe enternecer,
o mar pra lhe banhar.
Pedi a Ele que criasse
flores muito perfumadas,
auroras brilhantes
e esplêndidas madrugadas.
Pedi a Ele que a todo instante
você tivesse a oportunidade
de esbarrar com a felicidade.
Pedi que seu coração fosse gigante
e um eterno amante
da pureza e da delicadeza.
Pedi, finalmente, pra Ele
que lhe desse um dom,
que você ouvisse o som do meu coração
e foi aí, então,
que Ele me ensinou a poetar.
Eu nunca podia imaginar
que jeito Ele iria dar
para atender ao meu pedido,
mas Ele foi tão generoso comigo
que hoje quando escrevo meus versos,
através da minha inspiração,
eles voam direto para os seus ouvidos
e você escuta o som do meu coração.

Silvana Duboc